COMO FUNCIONA A VIDA MINIMALISTA

Publicado em: Geral
data 14.12.2013

COMO FUNCIONA A VIDA MINIMALISTA – Enquanto a grande maioria das pessoas se preocupa cada vez mais em trabalhar bastante para comprar cada vez mais coisas e conquistar muitos bens, muitas pessoas estão aderindo a um novo estilo de vida, onde as pessoas estão procurando fugir da vida frenética de muito trabalho e consumo.

COMO FUNCIONA A VIDA MINIMALISTA

As propagandas de rádio, televisão e internet estimulam cada vez mais pessoas a consumirem cada vez mais e mais e trabalhar para comprar casas e carros luxuosos, o que não é ruim, mas que pode ser prejudicial quando a pessoa não tem o equilíbrio entre trabalho e consumo, além de outros setores da vida.

E para fugir de todo este consumismo e excesso de trabalho, muitas pessoas começaram a colocar outras coisas como prioridade em sua vida, como família, saúde, amores e outros sentimentos nobres que realmente tem muito valor e que valem realmente à pena.

Estas pessoas que mudaram o estilo de vida e que estão na contramão mundial são as pessoas que vivem o estilo de vida minimalista, ou seja, este conceito consistem em viver somente com o básico e dar prioridade para a família, para a saúde ou para outras coisas que fogem longe do consumismo capitalista.

Não que seja errado desejar ter um carro ou uma casa boa, o problema é quando este tipo de sonho vira uma obsessão e acaba tomando lugar de outras coisas importantes da vida, como saúde e família.

O estilo de vida minimalista nos convida a pensar em que tipo de consumismo que estamos praticando, pois muitas das vezes compramos coisas somente por impulso ou porque estava em promoção ou por carência emocional e para começar a viver este estilo de vida a primeira coisa que se deve fazer é ter desapego a tudo o que é supérfluo, ou seja, muitas das vezes estamos com muitas coisas que não usamos e que podem ser doadas para amigos, familiares ou para doação.

O grande objetivo de pessoas minimalistas é evitar gastar tempo e dinheiro com coisas supérfluas e começar a gastar estes dois recursos com coisas que realmente valem à pena, como por exemplo, que tal evitar gastar com muitos objetos que vão ficar encostados e investir em um curso de capacitação profissional ou para fazer aquela viagem dos sonhos que está planejando há muito tempo ou para começar a fazer um tratamento de saúde ou para perder aqueles quilinhos, ou seja, usar o dinheiro para o bem estar e não focar somente em que bem material comprar.

Leia o post anterior:
COMO ECONOMIZAR NAS VIAGENS DE FIM DE ANO
COMO ECONOMIZAR NAS VIAGENS DE FIM DE ANO

COMO ECONOMIZAR NAS VIAGENS DE FIM DE ANO - Todo final de ano exige uma movimentação maior na vida de...

Fechar