COMO LIDAR COM A INTOLERÂNCIA A LACTOSE

Publicado em: Saúde
data 28.09.2013

COMO LIDAR COM A INTOLERÂNCIA A LACTOSE – Existem pessoas que não podem comer nenhum produto derivado do leite que já sofre com diversas reações alérgicas. Apesar de sintomas aparentes, cada pessoa vai reagir de uma forma diferente e por isso tais reações devem ser observadas com muito cuidado. Se você conhece alguém que tem “alergia a leite”, é bom atentá-lo sobre alguns detalhes para que o problema não se agrave.

COMO LIDAR COM A INTOLERÂNCIA A LACTOSE

O que causa da tolerância à lactose?

Todo intestino precisa produzir uma enzima chamada lactase, suficiente para absorver alimentos, principalmente os que possuem lactose, um tipo de açúcar encontrado no leite em seus derivados. Quando essa produção de lactase não acontece de forma correta o seu organismo passará a rejeitar alguns alimentos consequentemente.

Existem diversos motivos que leva uma pessoa a rejeitar a lactose no corpo, mas as principais causas atualmente são a partir de cirurgias feitas no intestino, infecções que acometem o seu intestino delgado provenientes de vírus ou bactérias e também algumas doenças intestinais.

Quando identificar?

Não existe uma idade certa para se ter resistência à lactose. Esse problema pode aparecer em qualquer fase da sua vida, desde que o corpo pare de produzir a enzima necessária. Mesmo com essa improbabilidade de faixa etária para o problema aparecer, muitos adultos desenvolvem a tolerância à lactose até os seus 20 anos.

A identificação da doença acontece através de exames como a Enteroscopia, o Teste do hidrogênio no ar expirado com lactose, o Teste de tolerância à lactose e o Teste do pH das fezes.

Principais Sintomas

Como toda doença, ela tem os seus principais sintomas. Eles surgem geralmente após 30 minutos de ingestão de qualquer alimento que contenha lactose. O doente geralmente sente inchaço abdominal, muitas cólicas, diarreia, gases e náusea muito fortes.

Tratamento

O principal tratamento acontece com a suspensão de todos os alimentos que contém lactose em sua composição e como a maioria destes são essenciais para nossas vidas, devem ser substituídos por semelhantes. Como existem diversos níveis de intolerância à lactose, com os devidos exames você saberá se pode consumir pelo menos uma determinada quantidade desses alimentos, caso contrário, exclua-os totalmente da sua dieta alimentar.

Com acompanhamento médico, com certeza no início ele passará algum componente para substituir o cálcio, a vitamina D, a riboflavina e a proteína que você perde cortando a lactose da sua alimentação.

Em caso de não existir um tratamento correto, pode existir a perda de peso por parte do paciente, desnutrição, entre outros problemas aliados à falta de vitaminas que o corpo precisa.

Prevenção

Não existe prevenção desse tipo de problema porque você não tem como saber se o seu corpo vai ou não deixar de produzir a lactase. O que pode ser feito é fazer o consumo moderado de produtos desse tipo para caso você apresente um quadro dessa doença, não sentir tanto na hora de mudar os seus hábitos.

Leia o post anterior:
HD EXTERNO
HD EXTERNO – QUALIDADE, MODELOS

HD  significa Hard Disc e também pode ser chamado de Disco Rígido. É a peça de computador onde são armazenados...

Fechar