COMO TROCAR AS CORDAS DO VIOLÃO?

Publicado em: Dicas
data 09.03.2013

COMO TROCAR AS CORDAS DO VIOLÃO?Trocar os cordões de um violão não tem nenhum grande enigma, com a mesma destreza que se toca um violão, se troca os cordões. Mesmo sendo simples e fácil você precisa fazer a troca de forma que o encordoamento garanta a durabilidade dos cordões, dê uma boa resposta sonora, tendo uma boa distribuição tensional e claro permita afinar com segurança. Um cordão mal instalado pode se partir, com poucas horas de uso e causar algum dano a seu instrumento. A seguir serão mostradas técnicas, para cordões de aço e de nylon.

COMO TROCAR O CORDAO DE VIOLAO

Primeiro passo compre cordões de boa qualidade, nada adiantará um bom encordoamento se a corda, não tem boa durabilidade e qualidade.

1ª Técnica: Instalando cordões em violão de aço

Veja o passo a passo a seguir:

Modo de instalação: Você precisará de encordoamento com bolinhas, pois os grampos do cavalete, só tem este tipo de fixação. Afrouxe os cordões até que fiquem flácidas, em seguida retire o pino que a prende ao cavalete puxando-o para cima. Após retirar o pino, retire a corda antiga do orifício, encaixe a nova e recoloque o pino no lugar. Atenção: Verifique que o pino está bem preso ao cavalete, e com a cavidade cortada, virada para a parte da roseta do violão. Agora solte a corda velha da tarraxa e repita o processo em todos os cordões, só então comece a enrolá-las nas tarraxas, uma a uma, tome cuidado para não esticá-las totalmente e também não as afine. Agora que os cordões estão no lugar, comece a afinar o violão, sempre pela corda mais grossa.

2ª Técnica: Instalando cordas em violão Nylon/Clássico (headstock Entalhado)

Esta técnica é a mais difícil de todas, afinal encordoamento de violões clássicos é uma verdadeira arte e requer muita paciência, porém não é nada do outro mundo. Mas a afinação, sonoridade, o timbre e a durabilidade, estão diretamente ligados a como foram instaladas e tensionadas nas tarraxas e cavalete do violão. È recomendado que se remova todo o encordoamento antigo, antes de colocar o novo.

Após ter feito isso comece colocando e fixando as cordas novas, pela corda grossa do cavalete. Insira a ponta não flexível da corda, no orifício do cavalete na direção contraria à mão do violão, em torno de 10 cm. Agora faça um gancho em forma de “U”, com a ponta excedente e, com este gancho, volte por cima do cavalete, em seguida, contorne a parte da corda que vai à direção das escalas do violão. Faça um laço, pela ponta solta do gancho na ponta que dá continuidade à corda por uma ou duas voltas,como se fosse um “trançado”.

Após isso, trance a ponta solta na corda por umas 3 ou 4 voltas, antes de começar a enrolar esta no eixo. Só então gire a borboleta da tarraxa até que a corda fique esticada, porém, não afinada. Repita o mesmo processo em todas as cordas e afine o violão. CUIDADO: O mau entrelaçamento das cordas pode comprometê-las, principalmente os bordões. As cordas primas tendem a “escorregar” enquanto estamos tencionando nas tarraxas e cavalete, por isso, mantenha-a firme entre os dedos, para que a tensão fique uniforme em todas as pontas. Como nas imagens postadas.

3ª Técnica: Para Cordões de Aço em Violão Clássico

(Ideal para iniciantes)

É o tipo de violão não profissional, mais indicado para iniciantes. O Violão Clássico com Headstock entalhado tem um formato que permite cordas de aço em tarraxas do tipo usadas em violões clássicos. Para esses violões, geralmente os cordões, possuem um “anel” na ponta que vai ser fixada no cavalete ao invés de bolinhas facilitando bastante sua instalação, pois basta passar a ponta solta de baixo pra cima no orifício do cavalete, depois por dentro do anel, e pronto.

Entretanto, na outra extremidade – nas tarraxas, a coisa é um pouquinho diferente: Precisa-se passar ela totalmente pelo furo até a corda ficar quase esticada, depois contornar o eixo da tarraxa, passar a ponta por baixo da corda esticada e voltá-la na direção oposta, formando um laço em forma de U. Depois é só girar as borboletas da tarraxa, até afinar o cordão, e cortar com um alicate o excesso de ponta que sobrar, como nas fotos.

Leia o post anterior:
Configurar o plugin Mini PopUp para Wordpress
Como instalar e configurar o plug-in Mini PopUp para WordPress

Como instalar e configurar o plug-in Mini PopUp para Wordpress Hoje eu conheci um dos melhores plug-ins para Wordpress, o...

Fechar