DERRAME OU AVC, COMO IDENTIFICAR

Publicado em: Saúde
data 22.03.2014

O Acidente Vascular Cerebral ou o popular Derrame Cerebral pode ser confundido com alguns outros sintomas e se não identificado em tempo, pode causar danos irreversíveis. É essencial saber identificá-lo para que a vítima seja socorrida em tempo e não venha a ter sequelas com o ocorrido.

DERRAME OU AVC, COMO IDENTIFICAR

Como acontece

O AVC pode se dar de duas maneiras: Acidente Vascular Isquêmico, que ocorre com a obstrução de artérias – podendo ser uma ou mais – em uma área do cérebro, que pode ser provocada por trombose, embolia ou ateromas. Geralmente ocorre em pessoas com maior propensão para tal, como é o caso de fumantes, idosos, diabéticos, hipertensos, com colesterol elevado ou com problemas vasculares. Já o Acidente Vascular Hemorrágico ocorre somente com pessoas que já possuam problemas quanto à circulação do sangue, como é o caso de problemas na coagulação do sangue, hipertensão, traumatismo e o entupimento de artérias ou vasos sanguíneos.

Os sintomas do derrame

Para identificar com precisão, alguns testes podem ser feitos com o paciente suspeito, mas os sintomas podem ser os maiores denunciantes do acidente vascular cerebral. Os principais sintomas do Acidente Vascular Isquêmico são: tonturas, perda da visão ou da força muscular, alterações notáveis na memória e também na fala e o formigamento em somente um dos lados do corpo. O Acidente Vascular Hemorrágico, por sua vez, pode ser identificado por fortes dores de cabeça, vômitos e náuseas, edema cerebral, aumento da pressão intracraniana e também algumas complicações que lembram os sintomas do outro tipo de derrame, o Acidente Vascular Isquêmico.

Ajudando a identificar

As pessoas que possuem maior propensão a um Derrame são aquelas que não praticam exercícios físicos, mantêm maus hábitos alimentares, fazem o uso do tabaco ou de álcool constantemente, diabéticos, parentes com casos do Acidente, pessoas acima do peso, estresse, hipertensão e diversos outros fatores. Nestes casos, é mais fácil identificar se a pessoa possuir em seu histórico estes fatores. Caso contrário, alguns testes podem ser feitos para identificar o Derrame em uma pessoa que aparentemente não sofreria do mesmo. Pedir para que a pessoa fale todo o seu nome, que identifique seu café da manhã ou seu carro, levante os dois braços ao mesmo tempo ou que aperte, ao mesmo tempo, as mãos de outra pessoa podem denunciar a ocorrência do Acidente Vascular Cerebral. Geralmente, um dos lados do corpo não corresponde ao movimento pedido, sem que o paciente perceba, devido ao dano de um dos lados do cérebro. Nestes casos, após a identificação o ideal é chamar socorro para que o indivíduo seja atendido o mais rápido possível, para evitar danos permanentes ou até mesmo a sua morte.

Leia o post anterior:
COMO INICIAR UM ASSUNTO NO FACEBOOK
COMO INICIAR UM ASSUNTO NO FACEBOOK

O Facebook já é o site mais utilizado por internautas do mundo inteiro e devido as suas enormes funcionalidades, outros...

Fechar