O QUE É GASTRITE NERVOSA

Publicado em: Saúde
data 10.04.2015

Sabe o que é gastrite nervosa? A inflamação nas paredes do estômago caracteriza a gastrite nervosa, provocando uma sensação de queimação. O quadro pode até mesmo levar a sangramentos digestivos. Esse tipo de gastrite se diferencia dos demais porque possui um cunho emocional. As mulheres jovens são as que mais sofrem desse problema, sendo que a origem da doença pode estar no dia-a-dia corrido. A isso se somam os momentos de estresse e uma alimentação de baixa qualidade, com excesso de café, refrigerante e álcool, ou seja, a receita perfeita para desencadear a gastrite nervosa. Muitos pacientes que têm gastrite possuem esse tipo da doença, em termos gerais. Pegando apenas os jovens, que buscam ajuda médica com sintomas de gastrite, a quantidade sobe.

O QUE É GASTRITE NERVOSA

Além do teor emocional, existem outras diferenças entre a gastrite clássica e a nervosa. Entre elas, o fato de a mucosa do estômago não sofrer nenhum dano aparente, diferentemente dos quadros de gastrite clássica, quando as paredes mostram-se atingidas pela doença. Essa diferença, inclusive, prejudica o diagnóstico do problema. No entanto, os sintomas são os mesmos: dor no estômago e sensação de que está queimado. Vômitos e náuseas podem acompanhar os sintomas.

Outra diferença é a própria causa, já que a gastrite comum é provocada por uma bactéria, a Helicobacterpylori, uso prolongado e frequente de remédios, e até o consumo em demasia de álcool. Embora as bebidas alcoólicas desencadeiam a gastrite nervosa quando ingeridas em excesso, a pessoa deve estar com problemas emocionais para desenvolver o quadro.

Mais informações sobre o que é gastrite nervosa

Para tratar a gastrite nervosa, o mais importante é que o paciente faça um tratamento para reduzir as causas emocionais que estão provocando a doença. Alguns hábitos podem ser muito eficientes para resolver ambos os problemas, como parar de fumar, já que o tabagismo ajuda na produção de ácidos no estômago, o que pode potencializar as dores no local.

Reduzir e evitar a ingestão de álcool, chocolates e bebidas gasosas, como refrigerantes, são outras formas de prevenir novas crises de dor por causa da gastrite nervosa, pois todos esses são alimentos que irritam ainda mais o estômago. Diminuir o consumo de alimentos gordurosos também é indicado. Porém, ainda mais eficiente é evitar situações estressantes, já que são as principais causas das crises.

Como nem sempre é possível prevenir momentos de estresse, é importante saber lidar com eles. Por isso, é importante resolver essas questões, isto é, a origem principal da gastrite. Já numa crise, o que pode amenizar os sintomas da doença são frutas cozidas e sem casca, legumes cozidos na água e com pouco sal, carne magra cozida ou grelhada, e chá de camomila.

Leia o post anterior:
COMO ESCOLHER O MELHOR CURSO TECNICO
COMO ESCOLHER O MELHOR CURSO TÉCNICO

O curso técnico é muito valorizado pelas empresas, dependendo da área ele agrega para quem já possui superior ou é...

Fechar