O QUE FAZER PARA SEU ANIMAL NÃO CAIR NA PISCINA

Publicado em: Geral
data 27.01.2014

O acidente entre animais e piscinas é fruto de um conjunto de fatores, onde o animal em um momento de distração, cai em uma piscina funda e tem dificuldades para voltar, e para evitar o susto, alguns cuidados podem ser tomados na intenção de proteger o animal.

O QUE FAZER PARA SEU ANIMAL NÃO CAIR NA PISCINA

Os Cuidados

Proteger a região da piscina com uma cerca poderá proteger o animal de se aproximar muito da piscina, a instalação tem a duração de um dia e existem diversos modelos que podem deixar o ambiente ainda mais bonito. Cuide para que esta cerca tenha uma altura significativa em relação ao cão, de modo que o cão não tenha altura o suficiente para pular esta cerca.

Colocar uma escada de apoio também pode ser um meio de proteção, ainda que seja uma escada comum de piscina, ensine o cão a sair por ela, entrando com ele na água e cuidando para que todas as vezes ele utilize a escada como apoio para poder sair da água, este treino será fundamental para que seu cão também tenha cuidado.

O Procedimento

O cão ao cair na água começa a nadar imediatamente, porém, seu nado é instintivo, podendo ser percebido que o cão entra em estado de choque com o susto da queda e se estiver perto dele no momento do acidente, tente removê-lo da piscina com cuidado, pois corre o risco do cão agitado machucar.

Se puder planejar a piscina com antecedência, procure colocar uma rampa ou escada dentro da piscina, para facilitar o acesso do animal, assim como facilita a saída dele da piscina, tornando mais seguro em casos de acidentes.

Sempre que o cão entrar na piscina, garanta que ele está sendo supervisionado por alguém, garanta ainda que a escada possui aderência para que o cão possa sair, usando adesivos antiderrapantes, e garanta que a cada banho de piscina o cão tenha todo o cloro da água da piscina removido do seu pelo, assim como deve garantir que ele não tenha ingerido líquido da piscina ou que tenha entrado água em seu ouvido.

O Animal de Estimação

O cão é um animal doméstico muito amado, e apesar da sua lealdade, na maioria das vezes o cão possui uma natureza ingênua quando se sente seguro em seu ambiente, podendo não identificar o perigo de uma piscina, como ele identifica o perigo de um carro. Devido a isso, o cão não tem atenção em uma piscina, principalmente porque o mesmo não consegue identificar onde começa e até onde vai a piscina, como ele identificaria uma praia ou rio, sendo assim, peça orientações ao veterinário, sobre as medidas que pode tomar para ajudar o seu amigo.

Leia o post anterior:
ACIDO RETINOICO PARA ACABAR COM A CELULITE
ÁCIDO RETINÓICO PARA ACABAR COM A CELULITE

ÁCIDO RETINÓICO - Este é um tipo de medicamento bastante popular e é o queridinho do momento de muitas mulheres,...

Fechar