PARA QUE É USADA A TAXA DE EMBARQUE – VALOR

Publicado em: Viagem e Turismo
data 17.01.2013

PARA QUE É USADA A TAXA DE EMBARQUE – Fique sabendo como são utilizados os valores pagos para as taxas de embarque no momento em que se compram as passagens aéreas. Certamente você já deve ter notado aquela taxa adicional que são acrescidas nos valores das passagens no momento em que estamos no último passo do processo de compra delas. Essas taxas são cobradas pelos os aeroportos e tem diversas funções. Vejamos os esclarecimentos da INFRAERO, empresa que administra os aeroportos do Brasil sobre a natureza e utilização dessas taxas.

PARA QUE É USADA A TAXA DE EMBARQUE

A INFRAERO afirma que as taxas de embarque são cobradas pelas empresas aéreas, no ato da venda da passagem, e repassada à administração do aeroporto para manutenção da infraestrutura e dos serviços. Pistas, pátios de estacionamento de aeronaves, salas de embarque, elevadores, escadas rolantes, ar-condicionado, sistema de som e limpeza são alguns dos itens que são de responsabilidade da administração aeroportuária. O valor é determinado em função da categoria do aeroporto e da natureza da viagem (doméstica ou internacional).

Ainda segundo a empresa que administra o sistema aéreo civil no país esses valores são determinado em função da categoria da tarifária do aeroporto, que é definida em razão da oferta de serviços e da natureza da viagem (doméstica ou internacional). As categorias dos aeroportos relativas aos valores cobrados com relação à tarifa de embarque vigentes estão disponíveis para consulta no endereço eletrônico  http://www.infraero.gov.br/index.php/br/outros-servicos/tarifas-aeroportuarias.html

A principal distinção nos valores exibe-se entre as passagens nos voos internacionais e nos voos nacionais. As tarifas cobradas nos voos nacionais costumam ser muito mais baixas que a dos voos internacionais. Os voos domésticos costumam ter tarifas de por volta de vinte reais enquanto nos voos internacionais esses valores são por volta de noventa reais.

Lembre-se que além dessa distinção entre esses voos é preciso apresentar documentos adicionais para o embarque nos voos internacionais para brasileiros é preciso o passaporte brasileiro válido. No caso de viagens para os países do Mercosul, também é aceita como documento de viagem a carteira de identidade civil (RG), emitida pelas Secretarias de Segurança Pública dos Estados ou do Distrito Federal, com data de emissão menor que 10 anos. As carteiras de motorista e carteiras profissionais ou funcionais não são aceitas.

Leia o post anterior:
BOLSA DE ESTUDO NA FACULDADE METODISTA
BOLSA DE ESTUDOS NA FACULDADE METODISTA

Adquirir uma bolsa de estudos para cursas a graduação na faculdade é o sonho de muitas pessoas, que podem garantir...

Fechar