Modificações Físicas – Parte ll

Publicado em: Saúde
data 15.08.2012

Modificações Físicas – Parte ll

Antes de qualquer coisa recomendo que leiam o seguinte artigo para entender melhor: Modificações Físicas – Parte l

Sistema Respiratório

As doenças respiratórias associadas à idade geram incapacidade e disfunções pulmonares, aumento do diâmetro torácico anteroposterior, colapso das vértebras por osteoporose, calcificação das cartilagens costais, mobilidade reduzida das costelas, músculos respiratórios insuficientes, aumento da rigidez pulmonar e diminuição da área de superfície dos alvéolos. Todos esses fatores levam à ineficácia da troca gasosa, capacidade vital diminuída e maior predisposição às infecções respiratórias.

Sistema Gastrintestinal

Embora a função do trato gastrintestinal não se altere nas idades mais avançadas, problemas como a perda dos dentes e diminuição do fluxo salivar são queixas comuns entre os idosos. A peristalse no estômago e o esvaziamento gástrico podem diminuir, causando lentidão no processo de digestão, nesses casos é muito comum a pessoa idosa referir-se à queimação e indigestão. A redução na absorção de ferro, cálcio e vitamina B12 é reflexo da menor secreção de ácido e pepsina no processo digestivo. Outras queixas comuns estão relacionadas à constipação e flatulência muitas vezes devido ao efeito colateral, de alguns medicamentos, problemas emocionais, inatividade, ingestão hídrica insuficiente e alimentação pobre em fibras.

Sistema gastrintestinal

Sistema Músculo-esquelético

Uma diminuição gradual e progressiva da massa óssea começa antes dos 40 anos de idade, principalmente nas mulheres pela predisposição à osteoporose após a menopausa, pela inatividade, pela ingestão inadequada de cálcio e perda de estrogênios. As fraturas ocorrem principalmente nas vértebras dorsais, úmero, fêmur e tíbia. As alterações osteoporóticas na coluna, a cifose e a flexão dos quadris e joelhos levam à diminuição da estatura nas idades mais avançadas afetando a mobilidade e o equilíbrio. Os músculos diminuem de tamanho e perdem a flexibilidade e resistência pela menor atividade.

Sistema Geniturinário

Não existem alterações funcionais desse sistema nas pessoas idosas embora haja perda primária de alguns néfrons. Os ureteres, a bexiga e a uretra perdem o tônus muscular. A capacidade vesical diminui e a pessoa idosa pode ser incapaz de esvaziar a bexiga por completo durante a micção, a retenção da urina costuma predispor às infecções. A incontinência pode estar presente principalmente nas mulheres por uma diminuição do tônus muscular perineal. A hiperplasia prostática benigna (aumento da glândula prostática) é um achado comum entre os idosos. As principais se devem à diminuição do ritmo de filtração, diminuição da função tubular com menor eficiência na reabsorção e na concentração de urina, e na restauração mais lenta do equilíbrio ácido básico.

Sistema geniturinário

Aspectos Cognitivos

As pessoas idosas, especialmente depois dos 70 anos, têm menor capacidade de aprender e adquirir novas habilidades, porém, essas dificuldades são facilmente superadas pela motivação e desempenho do indivíduo.

Leia também: Gerontologia – Introdução

Leia o post anterior:
Electrolux SP
ASSISTÊNCIA TÉCNICA ELECTROLUX EM SÃO PAULO – SP

A Eletrolux é uma das empresas de maior crescimento no pais e que oferece diversos produtos de linha branca, como...

Fechar